Laconicum planeja estar em casa (março de 2020)

Cuidado com as orações respondidas. Um dia gostaríamos de ter mais tempo para estar em casa e agora, por razões inusitadas e tristes, temos. Estamos aceitando isso. Vamos tentar ajudar a passar o tempo em casa um pouco melhor. Assim de simples.

Aqui estão alguns planos Laconicum que podem (e devem) ser feitos sem sair de casa:

Ler

É o conselho mais difundido e um dos mais sensatos. Quando lemos, as portas são abertas para outros lugares. Uma leitura fantástica (de seu autor, pela modernidade da fala do protagonista, pela adaptação de Buñuel) é Tristanapor Pérez Galdós. Ia ser o livro da nossa edição do Clube de Leitura (Ink) que tínhamos de adiar. Vamos comemorar assim que pudermos.

Viva Galdós.

Vejo

A escolha de um filme ou série pode ser outra fonte de estresse. Nosso conselho é selecioná-lo com antecedência e deixá-lo planejado. Então você só precisa aproveitar. Ainda outra dica (temos muitas) é pedalar em casa. Algumas idéias: os dois Sidney, (Lumet e Pollack), o Hitchcock básico, ou o cinema de Tacitas de Filmin. Também podemos escolher um ator ou atriz e nos entregar a ele: Meryl, Tom? Ou reveja quantos filmes ainda temos de Almodóvar, volte a ver Anéis de ouro ou os anteriores de Bong Joon ho.  

Viva Filmin, HBO, Netflix, os arquivos da RTVE e o resto das plataformas.

Cozinhe (e coma)

Grão de bico. Muitos grãos-de-bico. Já os cozinhamos, e até os fotografamos, antes de Alison Ronan. Esta leguminosa não só é muito saudável, mas também versátil e deliciosa. Duas receitas fáceis para esses dias são grão de bico com curry e couve-flor O comedista e o grão-de-bico com polvo que preparamos e testamos.

Viva o grão de bico.

Visitar museus

A cultura é um grande conforto diante do luto. Os museus usam sua artilharia para evitar o fechamento, embora estejam fechados. o Prado, com a sua iniciativa #elpradocontigo nos convida a ver um quadro do seu acervo atualizado, cronogramas e visitas com realidade aumentada. Assim que for reaberto, visitá-lo será uma das primeiras coisas que faremos.

Viagem

Se pode. Fazemos isso por um tempo todos os dias. Podemos nos lembrar de viagens, nos inspirar para as futuras e planejá-las quando retornarem. Ler sobre viagens é uma maneira de fazer as malas. o última edição da Condé Nast Traveler pode ser baixado e lido online. Na capa está Itziar Aguilera, uma criatura lacônica. Esperançosamente, em breve estaremos, como ela, viajando por estradas secundárias. Viva as viagens com a imaginação.